quinta-feira, 8 de outubro de 2020

Casal é preso em Acopiara suspeito de atear fogo em residência com homem dentro

 Incêndio ocorrido no Distrito de Trussu, zona rural de Acopiara

image

A Polícia Civil de Acopiara investigou, identificou e lavrou flagrante de um casal responsável por um homicídio qualificado pelo emprego de fogo, menos de 3hrs após consumação do crime.
Logo após debelarem o fogo, os vizinhos encontraram a vítima Alessandro Guedes Moreira, 45 anos, morto no banheiro do imóvel onde residia, com boa parte do corpo contendo queimaduras graves e sinais de carbonização. O incêndio destruiu completamente o imóvel.
Iniciada a investigação, os policiais civis descobriram que o incêndio não ocorrera de forma acidental, mas sim proposital, um crime premeditado feito para parecer um acidente.
Diante disso, passaram a conversar com testemunhas, realizando outros levantamentos e chegando a autoria do homicídio qualificado pelo emprego de fogo.
Um dos participantes do crime foi preso imediatamente pelos policiais civis, o segundo acusado fugiu do local antes da chegada dos investigadores, mas foi capturado logo depois por composições da Polícia Militar, após estes tomarem conhecimento de que a Polícia Civil de Acopiara tinha descoberto que o incêndio, na realidade, era homicídio qualificado pelo emprego de fogo.
Um dos infratores assumiu a combinação prévia para assassinarem a vítima através do incêndio. Fato que revela premeditação no cometimento do crime.
Sobre a motivação do crime, alega um dos autuados que a vítima teria furtado um perfume de um deles, na segunda feira passada.
Os conduzidos foram autuados em flagrante pelo art. 121, par. 2°, III do Código Penal e, agora, estão à disposição da justiça para responderem pelo crime cometido.

FONTE - Acopiara News

Nenhum comentário:

Postar um comentário