terça-feira, 15 de setembro de 2020

Governo suspende pagamento do auxílio emergencial para mais de 922 mil beneficiários do Bolsa Família

 images




O governo de Jair Bolsonaro (sem partido) bloqueou, em agosto, o pagamento do auxílio emergencial a 922.600 beneficiários do Bolsa Família. De acordo com o Ministério da Cidadania, a Controladoria-Geral da União (CGU) recomendou o cancelamento de 613.190 benefícios e a suspensão de 309.503, após identificar indícios de que os trabalhadores deixaram de cumprir os critérios de recebimento do benefício de R$ 600.

Com isso, o governo deixou de gastar pelo menos R$ 550 milhões do orçamento destinado ao benefício criado para minimizar a crise social gerada pela pandemia do novo coronavírus.

Segundo o Ministério da Cidadania, as liberações serão retomadas a partir deste mês. A promessa do governo é adicionar ao pagamento de setembro (já de R$ 300) o valor que ficou bloqueado em agosto (R$ 600) para quem foi afetado pela revisão do auxílio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário