sexta-feira, 4 de setembro de 2020

Aposentada é morta dentro de casa em Acaraú. Foi a terceira assassinada em 3 dias

 rita




Mais um a mulher foi morta no Ceará, o terceiro caso em apenas dois dias do mês de setembro. No ano, já foram registrados 229 crimes do gênero no estado. Na tarde desta quarta-feira (2), o corpo de uma idosa foi encontrado dentro de casa com sinais de violência. O caso aconteceu na cidade de Acaraú, na zona Norte do estado (a 234Km de Fortaleza).

De acordo com a Polícia, a mulher foi encontrada morta na sala da residência, no bairro Buriti, onde morava sozinha. Tratava-se da aposentada Rita de Cássia Marques Vidal, 65 anos. Ela estava amordaçada e com as mãos amarradas. A casa estava revirada e com as portas abertas, o que aponta para um suposto crime de latrocínio (roubo seguido de morte).

Policiais da Delegacia Regional de Polícia Civil de Araújo estiveram no local do crime e acompanharam o trabalho dos profissionais da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) na busca por pistas que levem aos assassinos.

A aposentada, que era natural do Município de Bela Cruz, morava há anos em Acaraú. A Polícia acredita que ela tenha sido morta por meio de estrangulamento. O corpo foi encaminhado ao Núcleo Regional da Pefoce na Zona Norte do Estado, sediado em Sobral. Até agora, não há suspeitos presos.

Outros casos

Na última terça-feira (1º), foi registrado o primeiro assassinato de mulher neste mês no estado. O caso aconteceu na cidade de Amontada (a 154Km de Fortaleza).A dona de casa Marta Teles Carneiro, 37 anos, foi morta a golpes de faca quando dormia na residência da família, no bairro Torres. O marido é o suspeito e acabou preso horas depois. Após o crime ele ligou para a Polícia e contou que havia assassinado a esposa.

Na madrugada de ontem, Juraci Duarte Matias , 29 anos, industriaria, foi assassinada a facadas pelo ex-namorado. O crime aconteceu no estacionamento da fábrica de calçados Grendene, na cidade de Sobral, Zona Norte do estado (a 224Km de Fortaleza). O suspeito está foragido.

(Fernando Ribeiro)

Nenhum comentário:

Postar um comentário