quarta-feira, 30 de setembro de 2020

Homem morre vítima de choque elétrico em Independência

 


.com/proxy/



Morreu vítima de choque elétrico na localidade de Cachoeira do Fogo, na zona rural de Independência, um homem identificado por Antônio dos Reis Barroso. O caso ocorreu no final da manhã de hoje(29).

A vítima sofreu a descarga elétrica quando tentava instalar um mergulhão no açude da localidade. Ele ainda foi socorrido para o Hospital de Independência, mas não resistiu.

O rabecão da Perícia Forense foi acionado e conduziu o corpo para o IML de Tauá.

Repórteres: Lindon Jonhson/Wilrismar Holanda

São José do Sabugi é a única cidade da Paraíba com apenas um candidato a prefeito nas eleições 2020

 


download




O município de São José do Sabugi, na Paraíba, tem como candidato a reeleição para prefeito, Segundo Domiciano (DEM), a cidade é a única entre todas as 223 paraibanas que só terá um candidato a prefeito nas eleições deste ano.Segundo Domiciano (DEM) vai tentar reeleição junto ao vice Tantico (Cidadania). Segundo lei eleitoral, com apenas um voto ele é eleito.


Foram feitas quatro convenções partidárias no município este ano. O PT e o PSDB, em suas convenções, optaram por não lançar nenhum candidato a prefeito nem a vice-prefeito. Já o DEM e o Cidadania resolveram concorrer coligados.

Em 2016, a chapa eleita concorreu apenas com outra chapa, encabeçada por Karine Cabrall (PSD). 

De acordo  a Lei das Eleições, para ser eleito um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um. Votos brancos e nulos não contam como válidos. No caso de São José do Sabugi, com apenas um concorrente, basta um único voto válido para que o candidato seja eleito. Ou seja, Domiciano só precisa do próprio voto para ser prefeito por mais 4 anos.

São José do Sabugi é um município  do estado da Paraíba, integrante da região metropolitana de Patos,  tem  4147 habitantes, sendo destes 3.903 eleitores aptos a votar.


*Victória Ellen da redação do Blog do Farias Júnior.


#BFJR #BlogdoFariasJúnior #Notícias #Eleições2020 #Paraíbasótemumcandidato

La Plaza shopping amplia horário de atendimento até 22h a partir desta terça, 29 em Juazeiro do Norte

 


.com/proxy/

La Plaza shopping fica no coração da Lagoa Seca em Juazeiro do Norte (Cedida ao blog do Boa) 










O La Plaza Shopping informa que ampliará o horário de atendimento ao Público a partir desta terça-feira, dia 29, amparado pelo Decreto Estadual nº 33.751 de 26 de Setembro de 2020 e Decreto Municipal nº 580 de 27 de setembro de 2020.

Se acordo com o decreto, a Região Metropolitana do Cariri (RMC) permanece na fase 4 do Plano de Retomada da Economia, mas com ampliação de horário de funcionamento para os Shopping das 12h às 22h, e a praça de alimentação das 11h às 22h, devendo limitar-se a 50% (cinquenta por cento) das mesas e respeitando os distanciamentos.

A equipe de manutenção do shopping destaca que continuará com vistorias periódicas nos equipamentos e sistemas de ar condicionado das lojas para monitoramento e reforço nas ações de limpeza e desinfecção. 


Blog do Boa 

Zé Ailton realiza adesivaço em Crato

 120525719_3097647537024368_2838016267746605245_o.jpg?_nc_cat=101&_nc_sid=9e2e56&_nc_ohc=75b3iQqSnogAX8vYWO_&_nc_ht=scontent.fjdo11-1




Acontece hoje o Mega Adesivaço, em frente ao Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcanti do candidato Zé Ailton Brasil (PT) 
O adesivaçõ será as 18 horas e   será sistema drive-in e respeitará todas as exigências sanitárias e prevenção contra a COVID-19.

Agenda do candidato Dr. Aloísio Brasil, no Crato para esta quarta feira, 30

 IMG-20200930-WA0063





Confira a agenda do candida Dr. Aloísio Brasil a prefeito do Crato para esta quarta-feira, dia 30 de setembro.

Mais 22 casos de Covid-19 são confirmados em Juazeiro nesta terça Feira

 


A Secretaria da Saúde de Juazeiro do Norte informou que, até a tarde desta terça-feira, o Município notificou 42.289 pacientes, dos quais 21 são casos suspeitos que aguardam os resultados dos exames, 27.031 casos descartados e 15.237 casos confirmados de Covid-19, 22 a mais em comparação com o boletim de segunda-feira, quando eram 15.215 infectados.
Entre os pacientes confirmados há 18 hospitalizados, 653 em isolamento domiciliar, 14.280 que já estão recuperados, e 286 óbitos. 


                           


                    
download                               

Foto > G1          

Conheça quem é Dr. Guilherme, que promete revolucionar a saúde de Barbalha

 IMG-20200929-WA0230





O médico de 34 anos, que pretende revolucionar a saúde de Barbalha, concorre ao cargo de prefeito, junto com Vevé Siqueira (PT), que já foi presidente da Câmara Municipal e está em seu segundo mandato como vereador (agora licenciado). A coligação “Juntos por Barbalha” reúne o maior número de partidos e as maiores lideranças políticas do Ceará.

Guilherme Sampaio Saraiva é médico com especialidade em Medicina Nuclear. Foi gestor da Fundação Otília Correia Saraiva, Focs, que administra o Hospital Santo Antônio e Hospital do Coração do Cariri, ambos em Barbalha. Filho de Fabíola Sampaio e do saudoso Dr. Antônio Correia Saraiva, fundador do Arajara Park, o maior parque aquático da região do Cariri, que atrai turistas de todo o Brasil e gera emprego para dezenas de famílias.

Os pioneiros empreendimentos da família tornaram Barbalha referência em saúde, recebendo pacientes de dezenas de municípios do interior cearense e de outros estados. O que atraiu a implantação de cursos de medicina na região, setor que absorve a demanda de profissionais formados. E Dr. Guilherme pretende revolucionar essa área, “Um sonho de muitos anos, que devo começar em 2021. Trazer para Barbalha um equipamento inovador de medicina nuclear, que será o primeiro de todo o interior do Nordeste. Aliás, nem em Fortaleza, na rede pública e filantrópica tem esse aparelho”, revelou.

Forte apoio político

Dr. Guilherme tem comprometimento e com o apoio do governador Camilo Santana (PT), do deputado estadual Fernando Santana (PT) e do senador Cid Gomes (PDT), acredita que Barbalha só tem a ganhar em desenvolvimento, saúde, educação, cultura e muito mais.

O candidato também conta com o apoio dos deputados federais André Figueiredo (PDT), José Guimarães (PT), Domingos Neto (PSD), Pedro Bezerra (PTB) e Idilvan Alencar (PDT). Os ex-prefeitos de Barbalha, João Hilário (PDT) e José Leite (PT) também declararam adesão ao projeto político da chapa.

A coligação é composta por PDT, PT, PP, PTB, PSB, PSD, Cidadania e PC do B.

IMG-20200929-WA0229


Tradição política

A política está no sangue de Dr. Guilherme. Sua mãe, Fabíola Sampaio, é ex-secretária de Educação do município. Com familiares tradicionais na política, como Antônio Costa Sampaio, ex-prefeito de Barbalha. Fabíola é sobrinha de Leão Sampaio, ex-deputado federal e pai de Mauro Sampaio, que foi prefeito de Juazeiro do Norte (CE) por duas vezes. Nos dias atuais é comum homenagens a eles, batizando com seus nomes, avenidas, escolas, estádio de futebol e até um centro universitário de ensino.

Pela família paterna, Dr. Guilherme também tem o histórico político. O tio José Correia foi vereador de Barbalha, assim como o pai, Antônio Correia, que ocupava o cargo legislativo, quando faleceu em 2015, vítima de câncer. Dr. Antônio Correia também foi prefeito de Ibiapina, na Serra da Ibiapaba.

Tradição na medicina

Dr. Guilherme é o terceiro dos quatro filhos. Seu pai, um dos médicos mais respeitados e queridos na cidade, era de família de agricultores humildes, ia a pé da Bulandeira, zona rural, até a cidade de Barbalha para estudar. Ele e os irmãos José e João Correia Saraiva conseguiram se formar em medicina em Recife (PE), estimulados pela mãe, Otília Correia Saraiva.

Junto com o primo, tenente Raimundo Coelho Rocha (proprietário da Construtora Raimundo Coelho), o recém-formado Antônio Correia fundou o Santo Antônio, hospital filantrópico em Barbalha. Em seguida, os irmãos Correia entraram na sociedade e por não ter nenhum filho médico, tenente Coelho saiu. O hospital era sonho de Dona Otília. A família doou um terreno ao Governo do Estado, onde foi construída uma escola profissionalizante que leva o nome dela, no sítio Bulandeira.

Com mais 29 casos de Covid-19, Crato chega ao total de 6.746 infectados

 Crato_de_tarde


                                             Foto > Internet 




A Secretaria da Saúde do Crato informou que até o final da tarde desta terça-feira, o Município notificou 18.754 pacientes, sendo 11.662 casos descartados, 346 aguardando o resultado dos exames e 6.746 casos confirmados de Covid-19, 29 a mais em comparação com o boletim de segunda-feira, quando eram 6.717 pessoas diagnosticadas com a infecção.


Entre os casos confirmados, 6.620 já estão recuperados, 04 internados, sendo 03 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e 01 em enfermaria clínica. Os outros 35 estão em tratamento domiciliar e 87 óbitos por Covid-19 foram registrados no Município.



A Secretaria da Saúde do Crato informou que até o final da tarde desta terça-feira, o Município notificou 18.754 pacientes, sendo 11.662 casos descartados, 346 aguardando o resultado dos exames e 6.746 casos confirmados de Covid-19, 29 a mais em comparação com o boletim de segunda-feira, quando eram 6.717 pessoas diagnosticadas com a infecção.


Entre os casos confirmados, 6.620 já estão recuperados, 04 internados, sendo 03 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e 01 em enfermaria clínica. Os outros 35 estão em tratamento domiciliar e 87 óbitos por Covid-19 foram registrados no Município.

Novo Fundeb em risco*

 120433010_673204739969238_3729167497484560772_o











O Deputado federal Idilvan Alencar (PDT) debate, nesta quarta-feira feira (30) os riscos que o Novo Fundeb corre com a proposta apresentada pelo governo que pretende desviar recursos do Fundeb e dos precatórios dos professores, para financiar a criação de um novo programa social o Renda Cidadã.



Para explicar esse cenário o deputado Idilvan - vice relator da PEC do Fundeb, irá realizar, junto com a deputada Professora Dorinha (Podemos) - relatora do projeto, uma live por meio das redes sociais. A transmissão acontecerá na tarde de hoje (30) pelo Instagram do deputado.
Nos dias que antecederam a votação da PEC 15/15, que tornou os recursos do Fundeb permanente, o deputado Idilvan fez uma grande mobilização nas redes sociais para que a sociedade, principalmente os professores e profissionais da educação, cobrassem de seus deputados a aprovação da nova lei.
Nesse novo cenário, essa mobilização se faz mais uma vez necessária, para que essa proposta do governo, que visa tirar direitos garantidos, não passe no Congresso Nacional.
“Precisamos, novamente, da mobilização dos professores, trabalhadores da educação pública, estudantes e sociedade em geral. Só esse enfrentamento coletivo barrará esse absurdo”, completou
Acompanhe, ao vivo, a partir das 17h no Instagram @idilvanalencar.


Aglécio Dias / Assessoria de Comunicação

Alunos de instituição particular em Juazeiro do Norte ficam sem diploma e cobram explicações

 WhatsApp-Image-2020-09-30-at-11.22.22-1-750x375






Cerca de 200 estudantes que completaram cursos de graduação em uma instituição particular de Juazeiro do Norte não receberam o diploma de certificação. Alguns se formaram em 2016, e estão há quatro anos esperando pela certificação e validação do tempo de estudo.

Segundo Ana Paula Ferreira, que foi estudante de pedagogia do local, o Instituto Juazeiro de Educação Superior oferece os mais variados cursos, como pedagogia, serviço social, administração e pós-graduações. “Financeiramente pagamos tudo direito e até agora eles não nos deram o diploma”, afirma ela.

Segundo a formanda, o problema com a certificação iniciou no fim de 2018, quando a turma resolveu não realizar festa de formatura. Ana Paula explica que os estudantes procuraram a coordenação para ter uma cerimônia simbólica. “No dia eles não compareceram”, diz ela. A cerimônia foi substituída pela assinatura de uma ata para recebimento de declaração de conclusão, que segundo Ana Paula, não foi entregue a todos.

“Uma funcionária veio nos informar por mensagem que não haveria a colação de grau. Muitos parentes e padrinhos [dos alunos] moravam fora e tinham vindo para a cerimônia”, conta a aluna sobre o constrangimento sofrido. “Era um sonho, muitos já vinham se preparando há anos. Muita gente ficou em estado de choque por meses”, diz ela.

Após a assinatura, o prazo dado aos alunos para recebimento do diploma foi de 90 dias, mas não foi cumprido. “Quando eles nos atendiam diziam que estavam resolvendo a situação”, diz Ana Paula, explicando que hoje em dia a coordenação não responde nem atende mais os alunos.

“Não devolvem o dinheiro e não justificam”, diz Ana Paula, que acionou judicialmente o direito de receber o diploma e aguarda a resolução da situação. A declaração fornecida pelo Instituto é ligada à Faculdade Latino Americana de Educação (FLATED), que segundo informações do Ministério da Educação (MEC) está extinta.

O Portal Badalo entrou em contato via telefone com o Instituto Juazeiro, sendo atendido por funcionárias que não quiseram se identificar. A reportagem foi informada que apenas a coordenação poderia explicar sobre o assunto, mas o número fornecido não completa ligações. 

( Badalo) 

Aniversaria o Ex- senador Eunício Oliveira presidente estadual do (MDB)

 Está festejando hoje o seu niver o ex- senador Eunício Oliveira, presidente estadual do (MDB), e diretor presidente da rádio tempo Fm de Juazeiro do Norte.site matheus reporter cariri,deseja felicidades.



Foto > Senado Federal 


Vereadores de Quixelô denunciam prefeita pelo uso de dinheiro na pandemia

 Documento foi entregue na Polícia Federal e no Ministério Público do Estado do Ceará

Fátima Gomes
Por : Redação CN7
29/09/20 14:51


Os vereadores de Quixelô Lucas Melo, Chico Ribeiro, Raimundo Gomes e Jackson Melo denunciam a prefeita Fátima Gomes pelo mau uso de mais de R$ 2 milhões de dinheiro público no combate ao coronavírus no município.

Quixelô está entre as cinco piores cidades do Estado em relação à incidência de casos confirmados a cada 100 mil habitantes, média de 6.348,1, conforme dados da plataforma da Secretaria de Saúde do Estado do Ceará.

A Prefeitura já recebeu, somente para o combate à covid-19, a soma de R$ 2.401.323,44 em repasses feitos pelo Ministério da Saúde diretamente para os cofres públicos da Prefeitura. Os vereadores denunciam que, mesmo com os recursos, Quixelô hoje se encontra em situação de calamidade, proporcionado pelo descaso da gestão municipal.

Ele garantem que não há transparência com os gastos públicos, não existe um programa claro de enfrentamento à pandemia. Eles citam que no hospital municipal de Quixelô faltam remédios básicos, não existe equipamento de proteção individual para os profissionais da saúde, não houve distribuição em número razoável de mascaras e álcool em gel para população carente e faltam testes rápidos.

Em tempo

O número de cidadão que testam positivo, em uma cidade com 16 mil habitantes: 1.027 casos confirmados, com 12 óbitos.

Confira documentos

00-1
01-8
02-8
03-5
dados_governo

Psicólogas criam projeto social pensado para mulheres no Cariri

 


Caroline e Clara criaram o projeto, que terá sequência pós-pandemia. Foto: Divulgação



A palavra “sororidade” pode ainda não ter sido incluída em muitos dicionários da língua portuguesa, mas seu significado, que diz respeito à união entre as mulheres, ganha cada vez mais forma no Cariri. A região acaba de ganhar um novo projeto, criado por duas psicólogas recém-formadas que atuam no campo da Psicologia Social e Educacional. Ao perceber que inúmeras mulheres perderam os empregos durante a pandemia de covid-19, e que as formas de trabalho tiveram de ser reinventadas, Caroline Brito e Clara Oliveira criaram o Uiaras Cariri. Junto a outras mulheres, a ideia é trabalhar e estimular essa independência financeira, além dos sentidos que estão por trás dessas produções.

O projeto dá os primeiros passos e já alcançou grandes proporções. Pelo perfil @uiarascariri, no Instagram, as psicólogas recebem o apoio de um círculo cada vez maior de pessoas.  Por enquanto, as ações acontecem virtualmente e contribuem para a saúde mental das participantes. Após o momento de pandemia, encontros presenciais serão realizados na ONG Beatos, em Crato. Lá, serão desenvolvidas oficinas em que, a cada encontro, serão elaborados sentidos diante do que foi produzido nas rodas de conversa. É esperado que, a cada três meses, um evento ligado à economia solidária aconteça. A intenção é incentivar uma independência financeira e uma melhoria da qualidade de vida.

Como explicaram as criadoras do projeto, a escolha do nome faz referência a uma lenda do Cariri, em que, de uma mulher, surgiram várias outras. A do princípio, que se transformara na Mãe D’agua (Iara ou Uiara), asseguraria a fertilidade da terra e a abundância das coisas, habitando as fontes do sopé da Chapada do Araripe. “Para nós, é triste pensar nas histórias em volta dessas lendas permeadas pela violência e o uso da mulher, mas optamos enxergar pelo viés simbólico da abundância de todas as coisas e do crescimento de tantas outras mulheres que passaram a habitar e a gerar novas vidas e um futuro nas tribos Kariris”, explicam Caroline e Clara. Assim como na lenda, que a partir de uma mulher surgiram outras, elas acreditam que o contato, as trocas e as reflexões das realidades podem gerar um movimento de união, luta e conscientização coletiva e individual.

Uiaras-Cariri-2-1024x768

Os homens, inclusive, podem contribuir no processo, abrindo espaços de fala para as mulheres, escutar o que elas têm para falar, respeitar suas vivências e, dentro do Projeto Uiaras, contribuir com troca de produções e construções de sentidos. No Uiaras, assim como vem acontecendo em ações pelo país, todas as mulheres são bem vindas, sejam elas cis ou trans, mulheres que, respectivamente, se identificam, ou não, com o sexo que nasceram. A escolha do projeto em abraçar todas, segundo as psicólogas, se dá pelo fato de acreditarem “na importância dessas ações como um movimento de luta que agrega os indivíduos e contribui para amenizar as desigualdades e diferenças que geram sofrimento e danos para a nossa sociedade, principalmente para as mulheres cis e trans, que são mais afetadas por estarem inseridas nessa estrutura machista e patriarcal que a gente vive”.  


Jornal do Cariri 

Assembleia Legislativa: Comissão de Orçamento realiza audiência sobre gestão fiscal do Estado

 708bb3e03242399c9e8f9b21e3fd125d_XL-3-768x512


A Comissão de Orçamento, Finanças e Tributação (COFT) da Assembleia Legislativa realiza nesta quarta-feira (30), às 16h, audiência pública pelo sistema de sessão virtual para apresentação do relatório de gestão fiscal do 2º quadrimestre de 2020 do Governo do Estado, com a presença da titular da Secretaria da Fazenda (Sefaz), Fernanda Pacobahyba.

Na reunião, a secretária da Fazenda vai apresentar o cumprimento das metas estabelecidas para o 2º quadrimestre de 2020, que compreende os meses de maio, junho, julho e agosto. Fernanda Pacobahyba vai apresentar as receitas e despesas do Estado no período.

(*)com informação da AL

Volta às aulas: mais de R$ 46 milhões são investidos para adaptar escolas da rede estadual

 



WhatsApp-Image-2020-09-29-at-12.25.40-1200x675-1-768x432



A secretária Eliana Estrela, junto com técnicos da Secretaria da Educação (Seduc), faz visitas a escolas da rede pública estadual, esta semana, para conferir as condições de retorno às aulas presenciais. Representações de alunos das unidades de ensino também participam destes momentos. Ao todo, estão sendo investidos R$ 46,4 milhões em adaptações nos espaços, incluindo a realização de obras, a aquisição de insumos e a compra de equipamentos de proteção individual (EPI). Os recursos são do Tesouro Estadual e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

O decreto governamental Nº 33.742 autorizou uma nova fase de transição para a retomada da educação presencial para os 44 municípios da Região de Saúde de Fortaleza. Na rede pública estadual, poderão retornar, a partir de 1º de outubro, apenas as turmas da 3ª série do Ensino Médio e educação profissional, com 35% de capacidade. Neste momento, quase 90% das escolas estaduais nesta região estão aptas ao retorno. Entretanto, a decisão efetiva sobre a retomada em cada unidade de ensino será consensuada com alunos e professores, conforme lembra Eliana Estrela.

Estamos propondo que as escolas realizem reuniões com os Conselhos Escolares, os Grêmios Estudantis e os pais, para avaliarem o cenário de retorno, ouvindo todas as representações de segmentos. Estamos nos organizando para voltar da melhor forma possível, com segurança e tranquilidade, cada escola no seu tempo, e precisamos levar em conta o que pensam os atores envolvidos. Estamos, também, conversando com os prefeitos, respeitando a autonomia de cada município e contribuindo no que for possível por meio do regime de colaboração. É por meio do diálogo que a gente constrói soluções, ressalta.

Mudanças

Entre as adaptações físicas por que cada unidade de ensino está passando, incluem-se reformas de banheiros, instalação de pias nas entradas dos prédios, demarcações no piso e nos assentos indicando o distanciamento em filas e espaços de convivência, cartazes com instruções de prevenção ao covid-19, utilização de tapetes sanitizantes nos principais acessos e dispensadores de álcool em gel distribuídos em vários pontos. Além disso, a temperatura de cada pessoa é medida na entrada da escola.