sábado, 22 de agosto de 2020

Bolsonaro diz que pagamento do auxílio emergencial vai até dezembro

 ministro-da-Economia-Paulo-Guedes-640x427





O presidente da República, Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira (21), durante sua visita ao Rio Grande do Norte, que o auxílio emergencial será prorrogado até dezembro deste ano, mas ressaltou que o benefício não pode ser definitivo.

Bolsonaro discursou durante cerimônia na cidade de Ipanguaçu, e deixou claro que as novas parcelas ainda não possuem valores definidos.

"O auxílio emergencial foi bem vindo, mas ele custa caro, cerca de R$ 50 bilhões. Sendo assim, não pode ser definitivo, mas vamos continuar com ele, mesmo com valores diferentes, até que a economia possa pegar no nosso país", disse Bolsonaro. O presidente disse que o valor do benefício ainda não foi definido. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário