segunda-feira, 13 de julho de 2020

CRATO INTEGRA PROJETO DE FORTALECIMENTO DE POLÍTICAS PARA A PRIMEIRA INFÂNCIA NO BRASIL

O município do Crato está entre os 14 municípios selecionados em todo país para participar do Projeto Urban95, que tem como propósito expandir o compromisso das cidades com o desenvolvimento urbano sustentável com foco na primeira infância
No último dia 7 de julho, o prefeito do Crato, Zé Ailton Brasil, e a técnica em gestão da Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social (SMTDS), Ana Gomes, participaram de forma remota, via web conferência, do lançamento da primeira rede brasileira Urban95, uma parceria entre a Fundação Bernard Vanleer e o Instituto Cidades Sustentáveis. A ação reúne cidades de todo o país com o objetivo comum de fortalecer e desenvolver programas e políticas para a primeira infância no Brasil.
A parceria tem o intuito de unir a experiência das duas instituições para expandir o compromisso das cidades com o desenvolvimento urbano sustentável com foco na primeira infância com o direcionamento de que uma cidade boa para bebês e crianças pequenas é uma cidade mais justa e democrática para todos.
Além das cidades de São Paulo, Recife e Boa Vista, que já contam com parcerias com a Fundação Bernard Vanleer em prol dos avanços da agenda pela primeira infância, outros 11 municípios agora fazem parte da rede: Fortaleza (CE), Crato (CE), Aracaju (SE), Brasiléia (AC), Campinas (SP), Caruaru (PE), Ilhéus (BA), Jundiaí (SP), Niterói (RJ), Pelotas (RS) e Ubiratã (PR).
O projeto irá auxiliar os municípios na realização de um diagnóstico detalhado sobre a experiência e acesso de crianças e bebês às cidades, oferecendo dados que poderão embasar a construção de políticas públicas mais acertadas para a primeira infância e alinhadas a outras agendas estratégicas locais. Nesse contexto, a rede oferecerá apoio técnico nos temas de urbanismo, mobilidade, gestão de dados, ciência do comportamento, comunicação com foco em crianças pequenas e seus cuidadores e uma consultoria para o aprimoramento de políticas e programas oferecidos por especialistas na área.
Com o objetivo final de construir espaços públicos seguros, inspiradores e democráticos nas cidades, o projeto pretende ainda apoiar a implementação e monitoramento de Planos Municipais pela Primeira Infância, mecanismos que garantam a contínua priorização da agenda para a primeira infância pelos gestores públicos.
Segundo o coordenador geral do Instituto Cidades Sustentáveis, Jorge Abrahão, o projeto foi desenhado para contribuir com a implementação de programas que cuidem da primeira infância nas cidades e, com isso, apostar em um futuro mais saudável para toda a sociedade. "Para enfrentar as desigualdades estruturantes de nossas cidades e país, poucos temas têm a importância da primeira infância. Cuidar dela é o primeiro grande passo para a qualidade de vida das gerações futuras. Ela é indutora da redução das desigualdades por ter impacto em várias dimensões da sociedade", destacou.
Para o prefeito Zé Ailton, a participação do Crato nesse projeto é muito positiva, pois a primeira infância é vista como prioridade na gestão. "Nosso compromisso é com o desenvolvimento da nossa cidade, continuaremos a trabalhar para garantir que nossas crianças tenham seus direitos garantidos, acesso à serviços de saúde, educação, cidadania e, consequentemente, um desenvolvimento infantil adequado", disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário