sexta-feira, 19 de junho de 2020

Pastor evangélico é acusado de homofobia em Orós


O pastor evangélico Josué da Silva Souza, da igreja Assembleia de Deus Ministério Madureira, na cidade de Orós, está sendo acusado de homofobia, após publicações nas suas redes sociais em que o religioso teria associado a relação entre pessoas do mesmo sexo ao mesmo que zoofilia - envolvimento sexual de humanos com animais. O líder religioso nega e diz que foi mal interpretado.

O caso foi parar na Delegacia de Polícia Civil de Orós, por meio de uma representação da Associação da Diversidade e Direitos Humanos de Orós (ADHOS).

A publicação que circulou na noite desta quarta-feira (17), nas redes sociais, o pastor compartilha uma imagem de apoio à causa LGBTI, com a seguinte frase: "Toda forma de amor vale a pena". Nela Josué questiona: "Você que é Cristão, concorda com isso? Toda forma de amor é válida?. O que me diz da zoofilia?. 

Após um comentário de um internauta, o líder religioso voltou a provocar: "O que me diz da zoofilia?". Após o seguidor considerar a comparação absurda o evangélico responde: "Nesse caso, toda a forma de amor não é válida, então?".

Os comentários geraram revolta na comunidade LGBTI, que considerou a atitude do pastor de cunho preconceituoso. A advogada Fátima Silva, que atualmente é membro da Comissão de Direitos Humanos da OAB/CE e presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB, subseção Vale do Salgado, foi a responsável pela formalização da denúncia.

Ela explica que o material foi deixado na delegacia, e que provavelmente será tipificado como crimes de homofobia e injúria. Como será inquérito policial, depois de instaurado vai para o juiz, que encaminha para o Ministério Público denunciar.

O pastor Josué se defendeu, dizendo que houve uma má interpretação da postagem que foi voltada para os evangélicos. “Eu fiz uma pergunta direcionada ao público. Na discussão, veio a outro caso. A confusão é que pegaram o fato citado e disseram que estava que estava fazendo uma associação. A postagem continua lá. Está exposto. Tenho consciência que não atingi, ofendi ninguém, nem cometi crime de homofobia”, ressalta.

Site Iguatu Notícias 

Nenhum comentário:

Postar um comentário