quarta-feira, 17 de junho de 2020

Oposição sugere a suspensão do recesso parlamentar em Missão Velha


O vereador Eduardo Honorato (foto), sugeriu que os edis discutam a possibilidade da suspensão do recesso parlamentar na Câmara Municipal de Missão Velha. De acordo com Eduardo, se o cronograma continuar, só haverá mais uma sessão neste semestre e os vereadores entram de férias.

Para a oposição, é complicado entrar de recesso no meio de uma pandemia. Conforme indicam os especialistas, o Cariri está no movimento ascendente da curva de contaminação, da COVID-19, e nesse sentido, é de suma importância que o legislativo acompanhe, cobre, seja atuante para proteger os interesses da população.

No momento da transmissão, a maioria dos comentários era de apoio à sugestão de suspensão de recesso parlamentar em Missão Velha. O presidente da casa, o vereador Nairton Macêdo, foi contra a proposição.

O plenário precisa funcionar, ininterruptamente, para prosseguir discutindo os efeitos da doença na cidade, analisar as medidas necessárias para enfrentar o problema. Não faz sentido haver recesso em um momento como este.

Enquanto isso, várias obras continuam paradas e gerando desconforto e descontentamento, isso sem contar de algumas consequências que podem interferir no cotidiano dos que trafegam em tais obras, como o mercado municipal, o prédio da prefeitura, posto de saúde, praças e estradas vicinais intransitáveis. Um verdadeiro exemplo de desperdício de recursos públicos.

O desconforto é percebível para a população missaovelhense que vem cobrando nas redes sociais ações do poder públicos. De acordo com o estudante de Medicina Veterinária, Júnior Fernandes, o povo de Missão Velha pede socorro. “A população já está cansada e clama por saúde, educação e oportunidades. É nosso dever não se omitir diante desse descaso”, desabafa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário