quarta-feira, 17 de junho de 2020

General Theophilo se filia ao Podemos e fortalece a chapa de Capitão Wagner

O ex-candidato a governador do Ceará em 2018, General Theophilo, se filiou ao Podemos, partido que fechou apoio ao Pros de Capitão Wagner para a eleição municipal deste ano na capital cearense. Theophilo, que figurou em segundo lugar na disputa pelo Governo do Estado na última eleição, havia se filiado ao PSDB em 2018 e acabou saindo da legenda pouco após perder no pleito para o atual governador Camilo Santana (PT). O general vai passar a comandar o partido a nível municipal.

 





Com o resultado obtido nas urnas dois anos atrás, o nome de Theophilo ressurge no cenário local como um reforço à chapa de Capitão Wagner. O entendimento entre as duas siglas para a eleição municipal havia sido fechado quando o senador Eduardo Girão, eleito em 2018 pelo mesmo Pros do Capitão, migrou para o Podemos, assumindo o comando local do partido.

Theophilo, no entanto, não poderá disputar cargo eletivo este ano, caso o calendário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) não altere prazos já vencidos para a realização do pleito. Segundo a lei eleitoral, o general teria que ter se filiado até o início de abril para se candidatar em 2020.

General Theophilo, após perder a eleição a governador, integrou o governo Bolsonaro na Secretaria de Segurança Pública, sob o ministro Sergio Moro, na pasta da Justiça. O Podemos é uma das legendas mais próximas de Moro e seu dirigente nacional, Álvaro Dias, já declarou que gostaria de vê-lo disputar a Presidência pelo partido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário