sábado, 6 de junho de 2020

Aos 72 anos, padre Manoel morre de coronavírus em Teresina




A Arquidiocese de Teresina informou  a morte  do padre Manoel Gomes de Matos aos 72 anos de idade,  vítima do novo coronavírus, na noite de sexta-feira (06). Padre Manoel estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI)  de um hospital da rede privada e sofreu parada cardíaca sem retomada.


Ordenado padre em dezembro de 1974, há mais de quarenta anos o sacerdote serviu em missão de evangelização pela Arquidiocese de Teresina, sendo pároco na paróquia Santíssima Trindade no bairro Primavera,  na zona Norte de Teresina,   e vigário na paróquia Nossa Senhora de Lourdes no bairro Vermelha,  na zona Sul da capital piauiense.

Atualmente, padre Manoel de Matos,  estava em tratamento contra o câncer. Por motivos de isolamento social e recomendações das autoridades em saúde, o velório do Padre Manoel de Matos, será restrito e sepultamento imediato. 

"Externamos nossos sentimentos e orações aos amigos e familiares, especialmente ao seu irmão, também padre investido através da Arquidiocese, João Matos. Unimo-nos em oração pelo descanso de sua alma e todas as vítimas da Covid-19. Que nosso Deus misericordioso conforte todos os corações e traga a fortaleza necessária para transformar a dor em esperança", diz a nota da Arquidiocese de Teresina.

O monsenhor Tony Batista da Arquidiocese de Teresina, confirmou a morte do padre Manoel Matos ."Que Deus misericordioso conforte todos os corações e traga a fortaleza necessária para transformar a dor em esperança", diz a nota da Arquidiocese de Teresina  ao confirmar a morte de Padre Manoel Matos, que foi capelão da Assembleia Legislativa  onde celebrava missa transmitida pela TV.


Nas redes sociais, o prefeito Firmino Filho lamentou a morte do padre Manoel.  


 Fonte :  Meio Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário