sexta-feira, 29 de maio de 2020

Período junino chega com expectativa queda de preço do milho em todas regiões

O mês de junho se inicia com uma expectativa na queda do preço do milho verde nos entrepostos da Ceasa em Maracanaú, Cariri e Ibiapaba. O produto cearense, comum no preparo das comidas típicas no período junino, também abastece outros estados nordestinos, como são os casos de Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte.

 

“Espera-se uma maior oferta de milho verde devido à boa distribuição da quadra chuvosa no Ceará”, garante Odálio Girão, analista de mercado da Ceasa/CE.

Na Serra da Ibiapaba, o preço da espiga sofreu queda de R$ 0,40 para R$ 0,25 (-33,7%) em maio. “Essa redução deve-se ao fato de mais de 50% da produção ser coletada na região”, justifica Odálio. No Cariri, o valor saiu de R$ 0,50 para R$ 0,40 por quilo e a retração foi mais discreta no entreposto da Ceasa em Maracanaú: de R$ 0,60 para R$ 0,50 por espiga (-16,7%).

A produção de milho na Serra da Ibiapaba se concentra nos municípios de São Benedito, Tianguá e Viçosa do Ceará, “além de Ipu que participa com uma boa parcela local”. Na Região Metropolitana de Fortaleza, as maiores contribuições são de Guaiúba e Maranguape e, no Vale do Jaguaribe, a produção é mais abundante em Limoeiro do Norte, Quixeré e Russas.

(*)com informação do Governo do Estado do Ceará

Nenhum comentário:

Postar um comentário