sábado, 9 de maio de 2020

A partir do dia 11 entra em vigor o decreto que transforma a área central de Quixadá em “Zona Especial”


 



Com número de confirmações aumentando na cidade de Quixadá nos últimos dias, o prefeito Ilário Marques transforma em “Zona Especial de Contenção ao Contágio do Novo Coronavírus (Sars-Cov-2), o perímetro Central da cidade. O período de vigência da Zona Especial começa a partir de zero hora do dia 11 e se estenderá até o dia 20 do corrente mês, ficando sujeito a prorrogação.
A aglomeração nas filas em Quixadá na área de bancos e lotéricas.
De acordo com o decreto, “ficam autorizados ao funcionamento somente supermercados, atacados, açougues, clínicas veterinárias, postos de combustíveis, panificadoras, lojas agropecuárias/agrícolas, funerárias, farmácias, estabelecimentos bancários, unidades lotéricas e clínicas, e todos os demais estabelecimentos não elencados neste parágrafo estão terminantemente vedados.”

O decreto do gestor considera que “ainda se verifica pontos de aglomeração, sobretudo, nas cercanias das instituições financeiras e unidades lotéricas e a livre circulação de pessoas na parte central da cidade, bem como a existência de portas abertas ou semiabertas de comércios que não estão autorizados a funcionar.”

Ficam também vedados na Zona Especial estacionamento e parada de transportes coletivos de qualquer natureza e porte, bem como de táxis e mototáxis. A Galeria Jorge Roque, pelo mesmo período, também terá suas atividades suspensas, assim como as atividades e serviços do Mercado Público Municipal que não estejam relacionados a açougue (carnes e peixes).

Segundo o decreto, o descumprimento das medidas adotadas neste Decreto importa na aplicação de multa no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais), aos responsáveis, por cada ato praticado, sem prejuízo das reprimendas administrativas assinaladas no Código de Obras e Posturas, Código Sanitário e imputação de crime previsto no art. 268 do Código Penal.

Compreende a Zona Especial as seguintes ruas, que ficam sujeitas a maior rigor nas medidas de restrição de circulação de pessoas:

RUA CLARINDO DE QUEIROZ (Trecho que vai da Rua Epitácio Pessoa à Rua Oscar Barbosa); RUA OSCAR BARBOSA (Trecho que vai da Rua Clarindo de Queiroz à Av. Plácido Castelo); AV. PLÁCIDO CASTELO (Trecho que vai da Rua Oscar Barbosa à Av. José Caetano); AV. JOSE CAETANO (Trecho que vai da Av. Plácido Castelo a Rua Rui Maia); RUA RUI MAIA (Trecho que vai da Av. José Caetano à Rua Francisco Brasileiro); RUA FRANCISCO BRASILEIRO (Trecho que vai da Rua Rui Barbosa à Av. Plácido Castelo); AV PLÁCIDO CASTELO (Trecho que vai da Rua Francisco Brasileiro à Rua Epitácio Pessoa); RUA EPITÁCIO PESSOA (Trecho que vai da Av. Plácido Castelo a Rua Clarindo de Queiroz).
Ilário também fala sobre “a imperiosa necessidade de medidas mais rígidas para fazer valer o cumprimento das ordens governamentais e assim preservar a vida, valor supremo na ordem constitucional.”


Sertão Alerta 

Nenhum comentário:

Postar um comentário