quinta-feira, 30 de abril de 2020

Heitor Freire pede ajuda ao Ministério da Saúde*


_Deputado cearense pediu intervenção federal para Hospital Maternidade São Vicente de Paula_
O deputado federal Heitor Freire (PSL\CE), protocolou uma solicitação ao Ministério da Saúde para que intervenha junto ao Hospital Maternidade São Vicente de Paula, em Barbalha-CE, que está com a unidade de oncopediatria fechada, por falta de repasses de recursos, segundo a diretoria do hospital.
“Eu fiquei extremamente preocupado com a situação das crianças em tratamento de câncer e que precisam de acompanhamento médico no Hospital Maternidade São Vicente de Paula
 
 Com o fechamento da ala de oncopediatria, elas precisam agora se deslocar até Fortaleza para receber atendimento. Isso é um risco enorme, a viagem é longa e cansativa tanto para os pequenos pacientes quanto para os familiares, são cerca de sete a oito horas na estrada. Além disso, agora também correm perigo de contaminação da Covid, já que todos fazem parte do grupo de risco. 
 
 
O meu pedido foi direto para o ministro Nelson Teich, para que ele intervenha junto ao hospital, reabrindo essa ala que trata uma doença tão agressiva e delicada em caráter de urgência”.
O pedido foi protocolado nesta quinta-feira (30) e aguarda despacho.

 A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas e área interna
 

Ceará chegou a 492 mortes e 7.861 casos confirmados

Óbitos por coronavírus aumentaram 88% em uma semana no Ceará
Óbitos por coronavírus aumentaram 88% em uma semana no Ceará (Foto: Aurelio Alves/O POVO)

O Ceará registra 7.861 casos confirmados de Covid-19 e 492 mortes nesta quinta-feira, 30 de abril (30/04). Os dados são da plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), atualizada às 17h04min. São 452 casos confirmados a mais que o registrado na quarta-feira e 42 novas mortes computadas.

Conforme o IntegraSUS, 24.144 casos suspeitos estão em investigação. Ao todo, 26.764 exames já foram realizados no Ceará. A letalidade da doença está em 6,3%. Fortaleza concentra a maioria dos óbitos, com 381 mortes.

Fortaleza segue também com o maior número de casos do Estado, com 5.970 infecções confirmadas laboratorialmente. Caucaia (294), Maracanaú (159), Sobral (139), Eusébio (77), Maranguape (70) e Aquiraz (64) vêm em seguida. O número de municípios cearenses com registro da Covid-19 subiu para 148.
.

Coronavírus: Números do Ceará
24.144 casos em investigação
26.764 exames realizados
7.861 casos confirmados
492 óbitos
6,3% de taxa de letalidade
148 municípios com casos confirmados  


o Povo

Proposta de socorro a estados prevê congelamento de salários até 2021



Presidente do Senado, Davi Alcolumbre, preside sessão extraordinária do Senado Federal
O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), apresentou nesta quinta-feira ( 30) o texto alternativo à proposta de ajuda a estados e municípios.

Negociada com a equipe econômica, a proposta de Alcolumbre é bem diferente do Plano Mansueto aprovado na Câmara dos Deputados. O agora Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus estabelece repasse menor que o proposto pela Câmara. Serão até R$ 60 bilhões, em quatro parcelas, para que governadores e prefeitos tomem medidas nas áreas de saúde e assistência social para a contenção do novo coronavírus (covid-19).

Em troca do auxílio, estados e municípios terão que se abster de reajustar o salário de servidores públicos até 31 de dezembro de 2021. E fica proibido “conceder a qualquer título, vantagem, aumento, reajuste ou adequação de remuneração de membros de Poder ou de órgão, de servidores e empregados públicos e militares, exceto quando derivado de sentença judicial transitada em julgado ou de determinação legal anterior à calamidade pública”.

A proibição também envolve criação de cargos, empregos e funções, bem como a alteração de estruturas de carreira, que impliquem em aumento de despesas. A admissão de pessoal só será possível em “reposição de cargos de chefia e de direção que não acarretem aumento de despesa” ou quando houver vacância em cargos efetivos ou vitalícios.

“Entendemos que é necessário impor um limite ao montante do auxílio. Por mais que concordemos que a covid-19 impôs restrições financeiras graves aos estados e municípios, não podemos ignorar que as contas da União também sofreram impacto da pandemia”, disse o presidente do Senado.
Sob a justificativa de que o modelo aprovado pelos deputados – no qual recursos seriam repassados de acordo com a queda na arrecadação de impostos – favorece estados e municípios mais ricos, que mais arrecadam, Alcolumbre também alterou os critérios de rateio do dinheiro proposto pela Câmara.

Divisão de recursos

Na proposta do presidente do Senado, dos R$ 60 bilhões previstos a estados e municípios, R$ 10 bilhões serão reservados a ações na área da saúde e assistência social.
Desse total, R$ 7 bilhões serão para os estados. O critério de divisão levará em cosideração a taxa de incidência da covid-19 (60% de peso) e população (40% de peso), e R$ 3 bilhões aos municípios. O critério de distribuição será o tamanho da população.
Os R$ 50 bilhões restantes serão entregues metade para estados e o Distrito Federal e metade para os municípios.
Além desse repasse, a versão apresentada por Alcolumbre estabelece a suspensão do pagamento das dívidas contratadas entre União, estados, Distrito Federal e municípios e a restruturação das operações de crédito interno e externo dos entes junto a instituições financeiras.
A proposta de Alcolumbre deverá ser levada à votação em uma sessão remota convocada para este sábado (2) e, como sofreu alterações, se aprovado terá que retornar à Câmara que dará a palavra final sobre o texto.

(*) Com informações da Agência Brasil

Plano de socorro aos estados: Ceará receberá mais de R$ 760 milhões devido a crise de coronavírus


O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), apresentou um relatório nesta quinta (30) com detalhes da ajuda federal para estados e municípios durante a crise do novo coronavírus que prevê o repasse de R$ 60 bilhões em quatro prestações.

Pela proposta, R$ 25 bilhões serão encaminhados aos estados e R$ 25 bilhões aos municípios. O Ceará deverá receber R$ 766 milhões. O texto de Alcolumbre deverá ser levado a votação neste sábado (2) e, se aprovado como está, terá que retornar à Câmara, uma vez que altera os critérios de distribuição definidos pelos deputados.

Além disso, a divisão da verba proposta para os estados será feita de acordo com um coeficiente que mesclará critérios como variação na arrecadação de ICMS, população, fatia no FPE (Fundo de Participação dos Estados) e Lei Kandir.

Já a distribuição entre os municípios será de acordo com a população, o que deverá fazer com que mais dinheiro chegue às capitais e grandes cidades. Na verba para a saúde, o dinheiro que seguirá para os estados deverá obedecer prioritariamente a incidência de casos (60%) e o restante seguirá o tamanho da população. Já no caso dos municípios, o dinheiro será dividido de acordo com a população apenas.


Ceará agora

Fique atento: benefício emergencial não sacado de conta digital voltará ao governo

Lançamento do aplicativo CAIXA|Auxílio Emergencial

O auxílio emergencial de R$ 600 e a compensação para trabalhadores com contratos suspensos ou reduzidos pagos por meio de contas digitais da Caixa Econômica Federal voltarão ao governo, se não forem sacados em 90 dias. O retorno automático ao Tesouro Nacional consta das regulamentações dos dois benefícios publicadas neste mês pelo Ministério da Economia.

Segundo o Ministério da Economia, o beneficiário poderá retirar o dinheiro mesmo depois de os recursos voltarem ao Tesouro Nacional. De acordo com a pasta, as leis que instituíram o auxílio emergencial de R$ 600 e o benefício emergencial (BEM) garantem o direito ao recebimento de quem teve o cadastro aprovado, dispensando a necessidade de uma nova regulamentação.
O retorno automático aos cofres do governo vale apenas para os benefícios depositados nas contas poupança digital da Caixa. Recebe por essa modalidade quem não tem conta em banco ou quem tiver optado por esse canal na hora de pedir o dinheiro.
De acordo com o ministério, o procedimento é semelhante a benefícios da Previdência Social, que voltam ao Tesouro Nacional caso não sejam retirados. A regra não afeta quem recebe diretamente na conta bancária, de qualquer instituição financeira. Isso porque o governo entende que, nesses casos, o dinheiro já foi sacado.

Transferência

Criada para atender às pessoas sem conta bancária, a conta poupança digital da Caixa permite até três transferências mensais para outras contas de qualquer banco. Durante a pandemia do coronavírus, não haverá cobrança de taxas para transferências a outras instituições financeiras. Para contas da própria Caixa, a conta digital permite transferências ilimitadas, mesmo para contas em nome de terceiros.
No dia do lançamento do auxílio emergencial, o próprio banco recomendou que o cidadão que receba por meio da conta digital transfira o dinheiro o mais rápido possível. A conta poupança digital também permite o pagamento de boletos bancários e de contas domésticas (água, luz, telefone e gás) por meio do aplicativo Caixa Tem.

Quem não tiver condições de fazer as transferências pode sacar o dinheiro em espécie nas agências da Caixa ou em casas lotéricas e correspondentes bancários, caso eles estejam abertos nas localidades. A retirada em espécie da primeira parcela começou na segunda-feira (27) e vai até o dia 5 de maio, seguindo um calendário baseado no mês de nascimento do beneficiário.

Socorro

Pago a pessoas em situação vulnerável durante a pandemia da covid-19, o auxílio emergencial de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras) beneficia trabalhadores informais, pessoas inscritas do Cadastro Único de Programas Sociais (CadÚnico) e cidadãos inscritos no Bolsa Família. O benefício pode ser pedido por meio do aplicativo Caixa Auxílio Emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br. O benefício será pago até junho.

Destinado a compensar parte do salário dos trabalhadores com jornada reduzida ou com contrato suspenso, o BEM está atrelado ao seguro-desemprego a que o trabalhador teria direito caso tivesse sido demitido. No caso da redução de jornada, o benefício equivale ao percentual da redução de salário. Se o trabalhador teve o salário reduzido em 70%, receberá 70% do seguro-desemprego.
No caso da suspensão de contrato de trabalho, o BEM equivale a 100% do seguro-desemprego, para trabalhadores de micro e pequenas empresas, e de 70% do seguro para trabalhadores de médias e grandes empresas.


Ceará agora 

Deputado Danniel Oliveira destina R$ 200 mil para oncopediatria do Cariri



O deputado estadual Danniel Oliveira (MDB) destinou, nesta quinta-feira, 30, R$ 200 mil para o custeio da oncologia pediátrica do Hospital Maternidade São Vicente de Paulo, no município de Barbalha. O recurso, oriundo de emendas parlamentares, vai contribuir para o funcionamento da instituição, que é referência em oncologia no interior do Ceará.

Segundo o parlamentar, a ação foi motivada por um apelo do Instituto de Apoio à Criança com Câncer.
 “Fui surpreendido com a notícia de que a oncopediatria do Hospital São Vicente, de Barbalha, estava por fechar suas portas. Preocupado com essa situação, entrei em contato com o Dr. Romildo e a Irmã Rosa, responsáveis pelo hospital, recebi as demandas e destinei o recurso para ajudar principalmente no custeio do tratamento das crianças com câncer”, explicou.
Danniel Oliveira aproveitou também a sessão virtual de hoje, da Assembleia Legislativa, para explanar o assunto e pedir aos demais deputados para se engajarem na causa.
 “Quem puder contribuir ajudará não só o Cariri, até mesmo porque esse hospital atende a 45 municípios. Aqueles que desejarem ajudar, eu passarei o contato da direção do São Vicente. É preciso garantir o funcionamento desse hospital tão importante para o Ceará”, pontuou.

Polícia Civil desarticula grupo suspeito de transportar drogas de Fortaleza para o Cariri

Durante as investigações do NCTD de Juazeiro do Norte, dois imóveis avaliados em R$ 200 mil, que pertenciam aos chefes do grupo, foram sequestrados

Em mais uma ação de combate à criminalidade em território cearense, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) deflagrou uma operação, na manhã desta quinta-feira (30), em Fortaleza e Juazeiro do Norte, com o objetivo de cumprir mandados de prisão por crimes como tráfico de drogas, integrar organização criminosa e lavagem de dinheiro. A operação “Travel” foi realizada pelo Núcleo de Combate ao Tráfico de Drogas (NCTD) da Delegacia Regional de Juazeiro do Norte e pela Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) da PCCE, com o apoio da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

As decisões judiciais foram expedidas pela Vara de Delitos de Organizações Criminosas, do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), após investigações do NCTD do Cariri que duraram oito meses. O foco das apurações era a desarticulação de um grupo criminoso que incumbia seus integrantes a diversas funções e era responsável por levar entorpecentes da Capital à região do Cariri. O organograma do grupo, como apontam as investigações, consistia em chefes, fornecedores, “mulas” – que são pessoas encarregadas de transportar a droga – distribuidores e membros responsáveis pelas finanças da organização.


Durante o período de investigação, alguns suspeitos foram abordados e presos na rodoviária de Juazeiro do Norte, após serem flagrados transportando em torno de três quilos de cocaína que foram apreendidos pela PCCE. Por isso o nome “Travel” para a ofensiva, que traduzido do inglês, significa “viagem. O NCTD também sequestrou dois imóveis que pertenciam aos chefes do grupo, que juntos valem R$ 200 mil. As propriedades estão situadas nos bairros Vila Três Marias e Jardim Gonzaga, em Juazeiro do Norte.

Em posse das decisões deferidas pela Justiça, a partir dos indícios colhidos pelo NTCD, os policiais civis se deslocaram logo primeiras horas da manhã de hoje para cumprir sete mandados de prisão preventiva e três mandados de busca e apreensão.



Na Capital cearense, as ações ocorreram nos bairros Jangurussu e Coité – Áreas Integradas de Segurança 3 e 7, respectivamente. Um dos presos foi José Júnior Ferreira Cândido, vulgo ‘Júnior Popô’, que é suspeito de ter matado um policial pernambucano na Bahia, em 2011. O investigado foi capturado em uma residência no bairro Coité e atuava como fornecedor da droga que abastecia o grupo. Já no Jangurussu, Jéssica Talita Nascimento da Silva (23) foi capturada pela Polícia Civil. A mulher já possui antecedentes por tráfico de drogas e associação para o tráfico e era investigada por transportar o material ilícito.

Os agentes cumpriram mandados ainda contra Paulo Martins dos Santos (37) e Jefferson Lucas dos Santos (24), também na Capital. Em Juazeiro do Norte, os indiciados foram identificados por Romário Bruce de Sousa (24); Antônio Emanuel Santos Pinto (20) e Carlos Henrique dos Santos (22). Todos se encontram à disposição da Justiça.

Integrantes presos



Todos os integrantes do grupo se encontram presos graças ao trabalho da Polícia Civil do Estado do Ceará. Os chefes do grupo foram identificados por José Erivan Pereira de Sousa (24), o “Acerola”, e sua companheira, Antônia Regislânia Rodrigues de Sousa (22). Ambos foram capturados no dia 7 de outubro de 2019. O casal era proprietário dos imóveis sequestrados pela NCTD durante as investigações.

As equipes do Núcleo especializado chegaram aos dois, após as prisões de quatro pessoas que integravam o mesmo grupo, também em 2019. No dia 29 de maio, Romário Bruce de Sousa, natural de Santo André, em São Paulo, foi preso pelo NCTD com um quilo de cocaína, quando desembarcava em uma rodoviária na cidade de Juazeiro do Norte.

Dias depois, em 2 de julho, um casal investigado pelo NCTD, também foi preso com drogas. Jéssica Talita Nascimento da Silva e Carlos Henrique dos Santos Ribeiro estavam em posse de 1,6 quilo de cocaína, 360 gramas de crack, além de apetrechos utilizados na atividade ilícita. Assim como Romário Bruce, o casal também foi preso na rodoviária da cidade.

Já no dia 30 de julho, Jefferson Lucas dos Santos foi autuado em posse de um quilo de pasta base de cocaína e 500 gramas de cocaína, uma balança de precisão e uma prensa hidráulica, no bairro Vila Três Marias. O homem foi autuado em flagrante pelo crime.

O suspeito identificado como Paulo Martins dos Santos, com passagens por tráfico de drogas e associação para o tráfico, era responsável pela venda dos entorpecentes. Já Antônio Emanuel Santos Pinto, com antecedentes por tráfico e roubo, era apontado como o responsável por preparar os ilícitos, distribuí-los e também cobrar os usuários. Ambos se encontram presos.


SSP CE 

Durante quarentena, Memorial Padre Cícero, em Juazeiro do Norte, oferece visitas virtuais


A experiência é transmitida via Instagram semanalmente. Foto: Lino Fly/Divulgação

Com a quarentena e o fechamento de diversos equipamentos culturais, cada vez mais iniciativas online surgem. Em Juazeiro do Norte, na Região do Cariri, a Fundação Memorial Padre Cícero promove visitas virtuais guiadas transmitidas via Instagram às terças-feiras. Na experiência, é possível conhecer mais sobre a trajetória da personalidade.

Com mediação da presidente da fundação, Cristina Holanda, a série apresenta quatro episódios sobre a mais recente exposição de longa duração do museu, inaugurada em setembro de 2019 e com a curadoria da presidente e de Claudinei Silva, Karla Lima, Yorrana Gonçalves, Mateus Quintans e Lis Cordeiro.

A ação faz parte da programação do projeto +CulturaemCasa, realizado pela Secretaria de Cultura de Juazeiro do Norte, que promove diariamente atividades, como dicas de leitura e cursos profissionalizantes gratuitos.

Memorial abriga objetos de Padre Cícero. — Foto: Rosângela Menezes/Divulgação
Memorial abriga objetos de Padre Cícero. — Foto: Rosângela Menezes/Divulgação

Dois episódios das visitas guiadas já foram lançados. O primeiro apresenta uma linha do tempo que vai do nascimento à morte de Padre Cícero, contada a partir da obra do artista plástico juazeirense Marcus Jussier intitulada “Padre Cícero: eterna inspiração” e composta por 10 quadros.

Já no segundo, uma outra trajetória é mostrada por meio de objetos e peças histórias do acervo do museu em uma linha do tempo dividida por temas e elaborada pela equipe da instituição. Os episódios três e quatro serão lançados nos dias 5 e 12 de maio, respectivamente.

“No próximo vídeo, vamos apresentar três eixos temáticos: as representações sobre o Padre Cícero; a Beata Maria de Araújo; e a renovação do Sagrado Coração de Jesus, uma prática religiosa muito forte aqui no Juazeiro que foi ensinada pelo Padre Cícero”, adianta a presidente da fundação. Enquanto isso, o quarto traz os outros três eixos: a história de Juazeiro por meio do mobiliário; a Guerra de 1914; e cantinho sensorial.

A continuidade da programação não é descartada por Cristina. “Caso a quarentena se prolongue, a nossa ideia é mostrar posteriormente o acervo da biblioteca, que é o acervo técnico de material e pode ser uma excelente oportunidade para outras pessoas conhecerem”, revela. Os outros espaços da fundação também poderão ser apresentados.

Para ser mais acessível, o projeto conta ainda com interpretação em libras realizada pelo Centro de Libras da cidade.

Segundo a presidente, a recepção tem sido bastante positiva. “Os moradores que não tinham ido visitar a nova exposição estão encantados em conhecer, saber mais detalhes da vida de Padre Cícero. Além disso, temos a oportunidade de levar a mostra para outros lugares”, detalha.

Gilmar Mendes nega pedido contra prorrogação da CPMI das Fake News

Parlamentares decidiram prorrogar os trabalhos por 180 dias. Ministro Gilmar Mendes. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, rejeitou hoje (30) um pedido do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para que fosse suspensa a prorrogação da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News.

A CPMI investiga a criação de perfis falsos e ataques cibernéticos contra a democracia e o debate público, incluindo atos para influenciar as eleições de 2018.

“Essas investigações são de vital importância para o desvendamento da atuação de verdadeiras quadrilhas organizadas que, por meio de mecanismos ocultos de financiamento, impulsionam estratégias de desinformação, atuam como milícias digitais, que manipulam o debate público e violam a ordem democrática”, destacou Mendes na decisão.

No início do mês, os parlamentares decidiram prorrogar por 180 dias a CPMI, que foi instalada em 4 de setembro. Para a prorrogação, foi preciso colher as assinaturas de 209 deputados e 34 senadores. O prazo original dos trabalhos terminaria em 14 de abril, mas a contagem está suspensa devido às medidas de distanciamento social decorrentes da pandemia do novo coronavírus.

Mandado de segurança

Ao pedir para o STF suspender a prorrogação, em um mandado de segurança, Eduardo Bolsonaro afirmou que os trabalhos da CPMI foram desvirtuados de seu propósito original com o objetivo de atingir parlamentares aliados ao governo e o próprio presidente Jair Bolsonaro, bem como “deslegitimar o processo eleitoral”.
Eduardo disse que a continuidade da CPMI ameaça seus direitos políticos, ante o caráter tendencioso e parcial da comissão, que teria como meta atacá-lo politicamente. O deputado havia pedido ainda a anulação de depoimento prestado pela deputada Joice Hasselman (PSL-SP), ante a demonstração de parcialidade dos integrantes do colegiado ao inquiri-la.
Ao rejeitar o pedido, Gilmar Mendes afirmou que não identificou qualquer ameaça aos direitos políticos de Eduardo Bolsonaro, tampouco viu desvio na finalidade da CPMI.
O ministro destacou que “ao contrário do alegado pelo impetrante, a investigação da utilização de perfis falsos para influenciar os resultados das eleições 2018 constitui um dos objetos principais da referida CPMI, e não mera questão acessória”.
*AGÊNCIA BRASIL

Agências da Caixa não funcionam sexta, mas abrem no sábado para atendimento do auxílio emergencial


As agências da Caixa Econômica Federal não abrirão as portas no feriado do Dia do Trabalho, nesta sexta-feira (1º), mas voltam a atender o público no sábado (2) somente para informações e saque sem cartão do auxílio emergencial.

Nesta quinta, a Caixa creditou R$ 2,6 bilhões referentes à primeira parcela do auxílio emergencial para mais de 1,7 milhão de inscritos pelo app/site e para 1,9 milhão do Bolsa Família. Desde o dia 9 de abril, quando teve início o pagamento do benefício, R$ 35,5 bilhões já foram pagos a mais de 50 milhões de pessoas, já considerando os créditos desta quinta (30).

Veja aqui as agências que estarão abertas.

Saque em dinheiro

Os beneficiários que receberam o crédito do auxílio na Poupança Social Digital já podem efetuar o saque do benefício em espécie. A retirada pode ser realizadao nos caixas eletrônicos da Caixa, nas casas lotéricas e nos correspondentes Caixa Aqui, de forma escalonada, de acordo com o mês de nascimento.

O saque para os nascidos em setembro e outubro foi antecipado e já pode ser feito a partir deste sábado (02).

Confira o calendário:
30 de abril – nascidos julho e agosto
02 de maio – nascidos em setembro e outubro
05 de maio – nascidos em novembro e dezembro
Para realizar o saque, o beneficiário precisa atualizar o aplicativo Caixa Tem, fazer o login e selecionar a opção “saque sem cartão”. O app vai gerar um código autorizador para saque, com validade de duas horas.


Mais informaçõesauxilio.caixa.gov.br

Assaré: Equipe de Endemias em ação para combater as arboviroses



Tendo material suficiente para trabalhar, a equipe de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde de Assaré não pára. Nesta quinta-feira, 30, estão sendo borrifados os bairros Zé Dodô, Serra da Ema e o centro da cidade. 

“Temos material suficiente e por isso estamos nas ruas trabalhando intensamente para combater o mosquito da dengue. A notícias que se tem é de que em muitos municípios  a dengue está de volta.

 Em Assaré estamos atentos. Agora, é preciso que a sociedade faça a sua parte também. O grande foco do mosquito está dentro das casas que deixam água acumuladas”, adverte o coordenador de endemias Cartaxo Rolim.  

“O Assaré já sofreu um ataque do mosquito da dengue, infectando mais de 5 mil pessoas com a Chikungunya, provocando a morte em várias pessoas idosas. Jamais queremos que isso volte a acontecer. Estamos mais do que atentos. Então, vamos nos unirmos para evitar outra crise na nossa saúde por conta deste mosquito”, observa o prefeito Evanderto Almeida.  

 

 


 

 


 


 

 


 

Contorno de Juazeiro do Norte alcança 70% de execução em fase de concretagem de vigas de viaduto


A implantação do 4º trecho do Anel Viário do Cariri – correspondente ao Contorno de Juazeiro – já chega a 70%, conforme fiscalização da Superintendência de Obras Públicas do Ceará. Na última semana, as vigas da estrutura do viaduto que passará sobre a CE-292 (Av. Padre Cícero) foram concretadas.









A previsão é que o trecho fique pronto no segundo semestre de 2020. O investimento é de R$ 40,5 milhões, com recursos do Governo do Ceará e do Banco Interamericano de Desenvolvimento. Considerada obra estruturante, a construção da rodovia tem continuidade mediante o cumprimento das determinações de enfrentamento ao novo Coronavírus. Esta etapa do Anel Viário do Cariri contempla a construção de 6,84 km de rodovia duplicada, que para isso recebe, além da montagem do viaduto, serviços de drenagem e bueiros, pavimentação, revestimento asfáltico, sinalização horizontal e vertical, e proteção ambiental.

O objetivo é que a nova estrada retire o tráfego de veículos de cargas pesadas do centro da cidade e também encurte distâncias para o acesso a universidades, entre outras melhorias de fluxo. O Contorno de Juazeiro vai do entroncamento com a CE-292, no acesso ao Crato, até o entroncamento com a CE-060, no acesso a Barbalha.

(*)com informação do Governo do Estado do Ceará

Quase 60% das declarações de Imposto de Renda previstas ainda não foram entregues no Ceará


A Receita Federal do Ceará informou que recebeu 276.015 declarações de Imposto de Renda no Estado. Mais da metade dos contribuintes são de Fortaleza, que registrou 142.434 declarações. O término do prazo original para o envio da declaração estava previsto para esta quinta-feira, mas foi estendido para até o dia 30 de junho devido à pandemia do coronavírus.

A previsão é de que até a nova data 650 mil cearenses declarem o Imposto de Renda, o que significa que cerca de 57,5% dos contribuintes do Estado ainda não a realizaram.

Os contribuintes que declararam o Imposto de Renda no início do prazo, sem erros, omissões ou inconsistências, devem receber mais cedo as restituições, se tiverem direito. Para quem não fizer a declaração ou entregá-la fora do prazo, a multa será de, no mínimo, R$164,74.