Páginas

Facebook

sábado, 2 de outubro de 2021

PRÊMIO PROTETOR DA CAATINGA REPERCUTE REGIONALMENTE PELOS NOMES INDICADOS, O AMBIENTALISTA MARCELO SILVA, MEMBRO DO CONSELHO CURADOR DA FUNDAÇÃO VERDE HERBERT DANIEL (FVHD), FECHA O CICLO DOS AGRACIADOS.

 




243118302_1194500904368562_7953982226836374704_n  



Gloriosamente, ontem fechamos o ciclo das pessoas e Instituições que serão laureadas com o TROFÉU e o DIPLOMA PROTETOR DA CAATINGA, com a indicação do arquiteto, urbanista, jornalista e especialista em Gestão de Cidades MARCELO SILVA. 
Quem é este Protetor da Caatinga? Trata-se do professor que tem uma brilhante passagem pela política cearense, foi vereador e Prefeito do Município de MARANGUAPE-CE, por dois mandatos sempre colocado na lista dos MELHORES PREFEITOS DO CEARÁ. Seus projetos continuam impactando positivamente sendo os mais forte o das Rezas, Raízes e Soros, no tocante a AGENDA 21 realizou o 1º Congresso Internacional no Estado do Ceará, Projeto Pacto Pela Vida (induziu as comunidades serem auto gestoras com seus próprios projetos). Realizou com sucesso a RESTAURAÇÃO do Patrimônio Histórico e Cultural do Município incentivando a à Educação e Cultura através da Casa de Cultura Capistrano de Abreu, entre outros feitos.
O nome do ambientalista MARCELO SILVA foi aprovado por unanimidade, com ele, completamos a CONSTELAÇÃO DAS ESTRELAS que estarão brilhando dia 15 de Dezembro do ano em curso, na Assembléia Legislativa do Estado do Ceará A CASA DO POVO, que irá reunir personalidades do Ceará e de outros Estados do Semiárido do Brasil. 
A grande atração do dia será a presença dos SANFONEIROS (crianças e adolescentes), a Música Popular Nordestina fará a alegria dos homenageados e presentes, o HINO NACIONAL DO BRASIL terá o som das sanfonas da Escola de Música Feitosa sediada na cidade de Tauá, Região dos Inhamuns, que tem a frente um dos maiores sanfoneiros nordestino, PEDRINHO FEITOSA, "o Príncipe da Sanfona dos Inhamuns", que já trabalha os ensaios, para fazer bonito neste histórico dia para o Meio Ambiente no Semiárido Nordestino.

Falamos com o ambientalista Jorge de Moura que nos deu a seguinte opinião: "particularmente, sou suspeito de falar do arquiteto MARCELO SILVA, um de meus ex-professores". 

Ele sempre teve grande preocupação com o VERDE e se notabilizou com os cuidados e proteção com as Matas Nativas especialmente das Serras e Serrotes de Maranguape, também minha terra natal. Sua trajetória é luminosa, ele possui luz próprio não necessitando apagar as de ninguém, recebi com euforia essa indicação para mim, um ato de grandeza e de merecimento que se torna dos mais representativo, esse reconhecimento, vem da nobre Região do Cariri através do blog e do site respectivamente comandados pelo experiente jornalista Amaury  Alencar e o jovem repórter Matheus Alencar que segue a brilhante trajetória de seu pai.

 Resta-me, na ocasião, agradecer aos que acolheram o nome desse HUMANISTA e dizer que o Semiárido Nordestino e o Bioma Caatinga estarão em festa, tais veículos de comunicação, prestam relevantes serviços ao MEIO AMBIENTE através dessa brilhante iniciativa, de reconhecer os méritos de quem trabalha o COLETIVO e AMA A MÃE NATUREZA.