Páginas

Facebook

terça-feira, 12 de outubro de 2021

Brasil Registra Foco De Peste Suína Clássica No Ceará.

 


007-12-660x360

O Ministério da Agricultura já notificou o caso à Organização Mundial de Saúde Animal (Foto: Divulgação/Governo Federal)

O Brasil registrou um foco de peste suína clássica (PSC) no Ceará, que fica fora da zona reconhecida como livre da doença pela Organização Mundial da Saúde. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) já notificou a entidade sobre o caso, que por sua vez emitiu um comunicado oficial.

A peste suína clássica, que também é conhecida como febre suína ou cólera dos porcos, é uma doença viral que afeta somente suínos e javalis. A doença não é transmitida para seres humanos.

De acordo com o comunicado da OIE, foram registrados casos em nove animais na cidade de Marco. Oito animais morreram e um foi sacrificado. “As investigações ainda estão em andamento para identificar a origem e ligações epidemiológicas. As medidas de erradicação serão implementadas com abate dos animais existentes na propriedade e contatos dentro da mesma unidade epidemiológica”, diz a nota, frisando que o Ceará está fora da zona livre da doença.

O Mapa confirmou o foco de PSC e esclarece que o caso foi registrado em um criatório de suínos para subsistência. De acordo com a pasta, o diagnóstico foi confirmado pelo Laboratório Federal de Defesa Agropecuária em Pedro Leopoldo, Minas Gerais, e a propriedade interditada pelo serviço veterinário estadual.

“Conforme as estratégias para erradicação de focos de PSC adotadas no país, será realizada a eutanásia dos suínos envolvidos e a limpeza e desinfecção na propriedade, além de investigações para rastreamento de provável origem e vínculos epidemiológicos”, reforça a pasta em nota.

De acordo com o Mapa, a zona livre de PSC do Brasil concentra mais de 95% da indústria suinícola do país, e toda a exportação brasileira de suínos e seus produtos estão nesta zona, que não registra ocorrência da PSC desde janeiro de 1998.

Por isso, o ministério diz que a ocorrência não compromete a manutenção das zonas livres de PSC, nem implica em restrições ao comércio internacional de suínos. Além do Ceará, estão fora da zona livre de PSC Alagoas, Amazonas, Roraima, Pará, Amapá, Maranhão, Rio Grande do Norte, Paraíva, Pernambuco e Piauí.

Fonte: Agência O Globo