Páginas

Facebook

quarta-feira, 12 de maio de 2021

Tasso elogia Anvisa por não ter aprovado até agora a vacina Sputnik no Brasil.

 





























              

                                                        foto UOL 

O senador Tasso Jereissati (PSDB) elogiou nesta terça-feira (11) a posição da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em não aprovar, até o momento, a utilização da vacina contra a Covid-19, Sputnik V, no Brasil. Vale lembrar que o Consórcio Nordeste, que reúne todos os estados da região, comprou 37 milhões de doses do imunizante, sendo 5,8 milhões para o Ceará.

Tasso elogiou o depoimento do diretor-presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres, na CPI da Covid. O parlamentar acredita que a agência deve ter a credibilidade e a respeitabilidade preservadas para a manutenção da segurança na saúde dos brasileiros. “As posições da Anvisa e do Dr. Barra Torres ficaram muito claras”, disse.

Confira o vídeo:

O depoimento do presidente da Anvisa

Durante o depoimento na CPI da Covid, no Senado, o presidente da Anvisa, Barra Torres, reforçou os motivos que fizeram o órgão rejeitar o pedido de uso emergencial da vacina russa Sputnik V no Brasil. Ao analisar os documentos recebidos, a agência apontou uma série de problemas, entre eles, a falta de alguns outros documentos e a presença de adenovírus com capacidade de replicação no corpo dos pacientes que receberem doses da vacina. “Entramos em contato com 58 países que pertencem ao hall das nações que têm sido dito que usam a Sputnik.. dos 58, 24 afirmam que não utilizam o imunizante”, explicou.