Páginas

Facebook

quinta-feira, 13 de maio de 2021

Decisão para que Tasso seja candidato ao Planalto deve sair dia 17 de outubro.

 

















                                                     


O Estadão desta quinta-feira (13) traz que apenas três (São Paulo, Rio de Janeiro e Goiás) dos vinte e sete diretórios estaduais do PSDB defendem a realização de prévias para decidir o candidato do partido à presidência em 2022, segundo um levantamento do Estadão.


Além do governador de SP, João Doria — que é o grande defensor da prévia –, até o momento, o senador cearense Tasso Jereissati, o ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio, e o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, se apresentaram para concorrer.

Em tempo

Os dirigentes tucanos em outros nove Estados afirmam preferir que a escolha seja adiada para o ano que vem. Os demais não quiseram opinar ou não responderam.