O Município do Crato esteve representado em reunião virtual na manhã desta segunda-feira, dia 22, com o Governo do Estado. Na ocasião foram reivindicados novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e clínicos. Há 100% de ocupação nesse momento e grande preocupação com o aumento da demanda de pacientes no Município. Os 10 leitos de UTI ofertados para as cidades da região, através da pactuação com o Município, Hospital São Camilo e Estado estão todos ocupados. Há uma fila de espera na região atualmente de 25 pacientes para os leitos de UTI.

O Prefeito do Crato, Zé Ailton, durante a reunião com o Governador Camilo Santana, além do Secretário de Saúde do Ceará, Dr. Cabeto, o Vice-Prefeito, André Barreto, e a Secretária de Saúde, Marina Feitosa, abordou diversas questões relacionadas ao momento atual dos dados da Covid-19 no Crato, juntamente com os prefeitos da região.

"Estamos com uma situação crescente de casos e reivindicamos, na ocasião, mais leitos clínicos para a nossa cidade do Crato, além de solicitar a ampliação dos atendimentos, com a transformação do Hospital São Miguel em equipamento regional específico para o tratamento da Covid-19, inclusive para atender também os municípios vizinhos", disse. Além disso, foi solicitado pelo prefeito cratense, um apoio maior para as cidades do Consórcio do Cariri por parte do Governo do Estado, isentando o repasse mensal durante dois meses, para fortalecer o combate do Coronavírus. "Os nossos níveis de internação estão altos e tivemos até o domingo a ocupação de praticamente 100% dos leitos clínicos disponíveis", afirmou.

O Governo do Estado, destacou as reivindicações de todos os prefeitos, afirmando que as solicitações serão avaliadas, mesmo diante do momento enfrentado pelo Estado, atingido ao mesmo tempo em todas as regiões, com o grande aumento dos casos, e ressaltou que a questão voltada ao Hospital São Miguel em Crato, será melhor avaliada pelo Secretário de Saúde do Estado e o Prefeito Zé Ailton