Foto >  Divulgação / SESFA


No último ano, devido a pandemia de covid-19, a crise econômica abalou drasticamente pequenos empreendedores e trabalhadores autônomos. As mulheres foram as principais atingidas, cerca de 86% delas tiveram que fechar as portas de seu negócio em 2020; segundo dados da Rede de Mulheres Empreendedoras (RME). Diante disso, o Google.org em parceria com a RME, lançam o Projeto Potências Femininas visando a capacitação e o apoio financeiro aos pequenos negócios e serviços protagonizados por mulheres. A ação selecionou 10 organizações sociais em todo o Brasil e a Sociedade de Educação e Saúde da Família (SESFA) em Barbalha foi a única entidade do Estado do Ceará contemplada.

O Potência Feminina é um programa nacional que vai treinar mulheres nos temas de empreendedorismo, empregabilidade e tecnologia, e ainda gerar apoio a negócios liderados por elas por meio de capacitação, mentoria, aceleração de negócios e capital semente para iniciar novos negócios ou melhorar aqueles já existentes. Ao final de dois anos, cerca de 50 mil mulheres em 10 estados brasileiros terão sido beneficiadas gratuitamente por meio de organizações sociais. Mais de 400 instituições concorreram via edital ao projeto Potência Femininas. No Ceará, a SESFA foi a única organização social selecionada. Cerca de 5 mil mulheres podem ser beneficiadas diretamente pelas atividades de formação através da SESFA em Barbalha. Além disso, 18 mulheres serão selecionadas para receber o investimento de 10 mil reais visando impulsionar seu negócio ou iniciar um novo.

” O projeto Potência Feminina vai atingir 5 mil mulheres e vem através da SESFA uma entidade sem fins lucrativos que transforma a vida das pessoas na cidade de Barbalha. Esse projeto vai contemplar 18 mulheres, essas mulheres irão receber 10 mil reais para colocar dentro daquele projeto que ela já existe ou dentro daquele sonho que ela quer abrir. ” explica a administradora da SESFA Limadry Vieira.

As formações e oficinas serão online mas, para aquelas que não tiverem acesso a internet a SESFA disponibiliza 10 computadores para uso na sede, no Bairro Cirolância em Barbalha. As mulheres aprenderão noções de empreendedorismo, empregabilidade e tecnologia e a participação é livre para todas aquelas que chefiem negócios de quaisquer tipo ou que pretendam iniciar uma atividade profissional. Para participar basta entrar em contato com Sociedade de Educação e Saúde da Família (SESFA) manifestando interesse. Além do fomento financeiro a ação filantrópica pretende acelerar os negócios e criar redes colaborativas entre mulheres, como explica Limadry.

“Mesmo se ela não for contemplada com os 10 mil, ela vai estar em uma rede de relacionamento com 5 mil mulheres onde ela passa a comercializar seus produtos e seus serviços e com isso nutrir o sustento de sua família”.

Serviço

Sociedade de Educação e Saúde da Família (SESFA)
Endereço: Rua Alfredo Correia, 172 – Cirolândia, Barbalha
Telefone: 3532-1800 


                 ( Badalo)