Páginas

Facebook

segunda-feira, 7 de dezembro de 2020

Projeto de pias compartilhadas da Cagece chega a Juazeiro do Norte

 






fsdfsd
                                    
                                                      foto Divulgação / Cagece 



Um projeto da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), que visa atender as necessidades redobradas de higienização com a pandemia do novo coronavírus, deve ser implantado em Juazeiro do Norte. As chamadas “pias compartilhadas” serão instaladas em regiões públicas da cidade, assim como ocorre em Fortaleza, que dispõe de pelo menos 30 equipamentos instalados na avenida Beira Mar.

O projeto é uma parceria da Cagece com o Governo do Ceará, e deve contemplar mais 50 pias de higienização também em Sobral, Crateús, Itapipoca, Quixadá e outras cidades ainda em definição que também receberão a ação. Em Juazeiro, ainda serão definidos os pontos a serem instaladas as pias, devendo estar em locais públicos de grande circulação.

A estrutura das pias foi pensada de forma que ao acionar a saída de água e do sabão, não seja necessário tocar na torneira ou no suporte com as mãos. Ambos são acionados com o pé, por meio de pedal. Todas as pias contém água e sabão, para aumentar a eficácia da higiene do público em geral. De acordo com o Superintendente de Negócios da Capital, Rogério Leite, o foco da instalação das pias é atender o máximo de pessoas possível.

“É uma importante iniciativa social da Cagece no combate à pandemia. O objetivo dos lavatórios é justamente auxiliar a população na higiene das mãos e se proteger do coronavírus. Foi um projeto que começou tendo como público-alvo a população em situação de rua. Hoje pensamos em atender a toda população, em locais de grande circulação como terminais, praças, mercados públicos, etc”, afirma.

Além de viabilizar a ligação da água, interligação para a rede coletora de esgoto e instalação dos equipamentos, a Cagece também é responsável pela reposição do sabão, e para isso, vai monitorar a demanda do uso. A iniciativa conta ainda com o apoio da Casa Civil do Governo do Estado.

Com informações do Governo do Ceará