terça-feira, 17 de novembro de 2020

Suplentes se beneficiam com a eleição de deputados e composição da Assembleia Legislativa será alterada

 

20191219_101436-scaled
Três deputados estaduais foram eleitos prefeitos. Outros dois estão na disputa no segundo turno. Foto: Blog do Edison Silva.

Além da renovação nas câmaras municipais em diversas cidades cearenses, o pleito eleitoral ocorrido no domingo (15) beneficiou alguns suplentes de deputado que assumirão o assento  deixado vago por parlamentares eleitos prefeitos. A bancada cearense na Câmara Federal também passará por modificação logo que Roberto Pessoa, do PSDB, for novamente reconduzido para assumir a Prefeitura de Maracanaú, no primeiro dia de janeiro do próximo ano

No lugar de Pessoa, assumirá o suplente Danilo Forte, também tucano, que atualmente está atuando na função de deputado federal, já que seu colega de partido se licenciou para disputar a eleição deste ano. Roberto já administrou a prefeitura de Maracanaú em duas outras oportunidades e antes de assumir o mandato de deputado federal, em janeiro de 2019, era o vice-prefeito de Firmo Camurça.

Os eleitores de Fortaleza e Caucaia só conhecerão seus prefeitos no próximo dia 29 de novembro. A decisão nessas duas cidades também pode afetar a composição de casas legislativas. Isso porque tanto Capitão Wagner (PROS) quanto Sarto (PDT), na Capital, são deputados. O pedetista é o atual presidente da Assembleia Legislativa e o republicano é deputado federal.

Já em Caucaia o deputado estadual Vítor Valim (PROS) disputa contra o atual prefeito da cidade Naumi Amorim, do PSD. Caso o resultado seja favorável para Valim, também haverá mudança na composição da Assembleia Legislativa.

No domingo (15), dia do pleito do primeiro turno, a deputada estadual Patrícia Aguiar (PSD) foi eleita prefeita de Tauá. Logo que a parlamentar assumir o cargo, no início do próximo ano, Davi de Raimundão (MDB) deve ser efetivado na Assembleia Legislativa. O emedebista foi candidato a vice-prefeito de Juazeiro do Norte, na chapa encabeçada por Nelinho (PSDB), mas foi derrotado.

Outro parlamentar que se consagrou vitorioso na disputa majoritária em Horizonte foi Nezinho Farias, do PDT. O retorno do pedetista para o comando do Executivo municipal beneficiará Lucílvio Girão (PDT), atualmente suplente.

Bruno Gonçalves (PL) foi outro deputado eleito prefeito. A partir do próximo ano, o parlamentar atuará na administração da Prefeitura de Aquiraz. Em seu lugar deve ser efetivado Gordim Araújo.

Caso Sarto seja eleito em Fortaleza, o próximo da fila a ser beneficiado é Duquinha (PDT). Como Zezinho Albuquerque (PDT) se encontra licenciado, visto que assumiu a função de secretário de Cidades, Oriel Nunes Filho também pode assumir uma vaga como suplente.

Se Capitão Wagner se consagrar vitorioso em Fortaleza, Dr. Agripino será efetivado. Já no caso de eleição de Vitor Valim, o suplente Toni Brito assumiria a vaga deixada pelo deputado estadual.


Jornalista Edison Silva 

Nenhum comentário:

Postar um comentário