segunda-feira, 23 de novembro de 2020

Projeto Paulo Freire investe em ovinocultura e hortas nos Inhamuns

 


Nos municípios de Tauá e Quiterianópolis, o Projeto Paulo Freire investe na ovinocultura e em quintais produtivos como atividades de inclusão produtiva. Embora a assistência técnica tenha sido prestada à distância no período da pandemia, o projeto deslanchou com o retorno gradual da economia. “Devido essa pandemia, as atividades deram uma parada, mas já estamos trabalhando a todo vapor”, atesta Gildo Marcelino, presidente da Cooperativa de Desenvolvimento da Economia Familiar (Coodef).

“Já foram entregue as 30 matrizes ovinas, dois reprodutores ovinos, os burdizzos, a máquina de silagem e também já foi feita a licitação do telado das hortas”, completa. Além disso, o projeto da Secretaria do Desenvovimento Agrário garantiu material de escritório, como computador, impressora, armário e mesa e cadeira. No total, 37 famílias são atendidas com projetos produtivos em ovinocultura e 20 com quintais produtivos. “A pandemia afetou porque ninguém pode se reunir (presencialmente) e as famílias foram atingidas porque ficamos muito tempo sem visitar um e outro”

Nenhum comentário:

Postar um comentário