sábado, 19 de setembro de 2020

Seis meses de pandemia: Crajubar atinge 23,5 mil casos e 417 mortes por Covid-19

 


 O dia 19 de setembro marca seis meses da confirmação do primeiro caso da Covid-19 no Cariri, tendo ocorrido em Juazeiro do Norte no mês de março. O anúncio foi feito através das redes sociais pelo prefeito Arnon Bezerra, acompanhado do então secretário de saúde do município, Lucimilton Macêdo. Na mesma noite, o governador Camilo Santana, decretou a suspensão do comércio não essencial no Ceará e inicio da quarentena.


image
                              Foto > Carlos Lourenço 


Ao todo, o Crajubar já acumula 23.562 casos. O número indica a soma de 3.796 novos casos apenas no último mês. Hoje, 93,8% dos infectados já estão recuperados.

Os seis meses de pandemia já somam o triste número de 417 mortes apenas nas três maiores cidades da região, Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha.

Em Juazeiro do Norte, já são 14.994 casos confirmados, segundo boletim municipal publicado nesta sexta-feira (18). Entre os pacientes confirmados há 27 hospitalizados, 726 em isolamento domiciliar e 13.964 que já estão recuperados. Ainda 15 são casos suspeitos que aguardam os resultados dos exames. A cidade já teve 277 vítimas da doença. Na última quinta-feira (17), a média móvel de casos na cidade marcou uma queda de 72%, indicando possível redução no avanço da doença.

Em Crato, são 6.388 casos confirmados e 382 suspeitos. Entre as confirmações, 6.073 já estão curados, segundo o boletim municipal desta sexta. Ainda quatro pessoas estão em internação hospitalar, sendo uma em UTI. Na cidade, já são 86 óbitos pela doença.

Em Barbalha, são 2.180 confirmações. Desses, estão 2.067 recuperados, 53 em tratamento domiciliar e seis em hospital, sendo três em UTI. A cidade soma o maior número de casos suspeitos da região, sendo 1.098. Barbalha já tem 54 vítimas da doença. As informações são do boletim municipal desta sexta.

(Badalo) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário