segunda-feira, 24 de agosto de 2020

Após rompimento de duto de barragem, portaria vai reconhecer estado de calamidade pública em Jati

 












O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) prepara a publicação de portaria reconhecendo estado de calamidade pública no município de Jati, na região do Cariri, após o vazamento de barragem.

O anúncio foi feito neste sábado (22) pelo ministro Rogério Marinho, que vistoriou os trabalhos de recuperação na tubulação que permite a passagem das águas no Reservatório Jati para o trecho do Eixo Norte da Transposição do Rio São Francisco.


“O presidente Jair Bolsonaro, assim que soube do ocorrido, pediu que viéssemos a Jati para prestar todo o apoio necessário. Nossa preocupação é com as pessoas e, por isso, a Defesa Civil Nacional está aqui para auxiliar nas ações de resposta. Nos próximos dias, teremos a Portaria publicada para que recursos da União possam ser usados no atendimento às famílias que foram removidas, como no pagamento de estadias em pousadas e hotéis, aquisição de colchões e cestas básicas, por exemplo”, anunciou o ministro.

Em razão da ocorrência na Barragem Jati, as comportas do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco foram fechadas e as estações de bombeamento foram desligadas. Os serviços poderão ser retomados assim que os reparos na infraestrutura sejam concluídos.

CN7 

Nenhum comentário:

Postar um comentário