segunda-feira, 6 de julho de 2020

Fortaleza inicia terceira fase com 100% do comércio

A capital cearense inicia, hoje, para a fase 3 do plano de retomada da economia. Apesar do avanço, as cadeias do comércio e indústria estão liberadas e voltam com 100% do trabalho presencial, mas bares, restaurantes e barracas de praia, como anunciado pelo governador Camilo Santana, ainda não retornam às atividades esta semana como previsto.

O retorno completo do comércio de rua e de shoppings marca o início da terceira fase em Fortaleza. Desde o dia 1º de junho, parte da cadeia de comércio voltou a funcionar de forma gradual, chegando hoje na última etapa. Nos últimos dias, o movimento tem crescido principalmente no Centro da cidade. Mesmo com os trabalhadores retornando em totalidade a partir de hoje, as recomendações e protocolos são fundamentais para que o plano não sofra retrocesso e a Capital volte a fechar estabelecimentos.

Neste processo de retomada completa do comércio, as entidades que formam o setor produtivo do Ceará como Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Ceará (Fecomércio-CE) e Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Ceará (FCDL), reforçam a, cada início de nova fase, a necessidade de seguir com os protocolos sanitários e evitar aglomerações dentro das lojas.

No entanto, o cenário já começa a mudar em algumas lojas de rua. A artesã, Nádia Barros relata que, após abertura do comércio, precisou ir ao Centro por duas vezes para comprar material para produzir suas peças e o que viu a assustou. “Logo na primeira semana precisei ir e vi a cautela de alguns lojistas que passavam álcool e limitava o acesso de pessoas dentro das lojas, mas nessa última semana voltei e já vi diferente. Muitas lojas não controlavam mais, apesar de fechar algumas entradas ninguém limitava a quantidade de pessoas dentro, assim como em alguns lugares o álcool em gel não estava visível ou obrigatório”, disse. “Mas é relativo, há lugares, sim, que tudo é controlado. Acredito que é mais questão de consciência”, completa.

Mesmo com o avanço, o uso de máscara continua sendo obrigatório para entrar nos estabelecimentos e andar em lugares públicos de todo o Estado. O isolamento social também foi renovado por mais sete dias.

Estabilização
Durante anúncio da fase 3, no último sábado (4), Camilo Santana informou que os dados do corpo técnico da saúde confirmam a estabilização e queda nos números da Covid-19 em Fortaleza. “As demandas da saúde estão diminuindo, a procura por assistência, números de novos casos e óbitos, assim como maior disponibilidade de leitos com UTI, nos levam a passar para a fase 3 na Capital, mas com algumas restrições daquilo que estava no plano inicial. Ressalto que restaurantes continuam funcionando só durante o dia, bares e barracas de praia ainda não têm autorização de funcionamento esta semana”, afirmou.

Municípios
Hoje, os municípios da Macrorregião da Grande Fortaleza avançam para a fase 2; Macrorregiões do Sertão Central, Litoral Leste/Jaguaribe avançam para a fase 1. Já as Macrorregiões norte e Cariri permanecem na Fase de Transição da Economia, com a especificidade de que as cidades de Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Brejo Santo, Iguatu, Sobral e Tianguá seguem em Isolamento Social Rígido por mais sete dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário